meu corpo mudo

translitera um

pensar miúdo

com sentidos consumados

 

nossa transcrição

silenciosa

faz-se abrigo

vozes tato odores

 

um mergulho no

vazio do peito

preenche doce

meu descabimento vago

 

torno-me deusa

daquilo que já

sou languidez de

terra molhada

enraizada com teu sol

 

Anúncios
Padrão