Sim, não sabia brincar, eu disse

Quem sabe as amoras realmente doces fossem as menos púrpuras

O mundo seria menos coerente e suas regras não me afetariam tanto

 

Mas eu gosto tanto da cor quanto do sabor e eu sei que é isso que pesa

Gostar sem saber se isso veio antes ou depois de você

O que se gosta

 

Vocês já ouviram falar das flores mortas

Que pesam uma tonelada

Só porque não tem mais vida?

 

É assim, dizem

Sutil e breve

A falta de um fundo

 

Porque quando não causa torpor

É dor

Pedaços que se misturam

sem se tocar

 

A flauta do flautista disse em tom baixinho

Que o melhor vinho

Não se pode provar

 

Leva-se logo pra casa

e simplesmente delicia-se.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s